Na ICOMM, as orientações feitas pela equipe estudam especificamente o caso de cada cliente. Durante o Coronavírus, observamos que a maioria deles precisa revisitar a sua frequência de comunicação, sempre com peças segmentadas e estratégias bem definidas para esta situação.

Há recomendações gerais, como ter uma mensagem relevante, entender as necessidades do consumidor e ficar atualizado com as notícias e a evolução da pandemia. Revisar os emails automatizados, por exemplo, também é fundamental.

Em alguns casos pontuais, há clientes que adotam a estratégia de minimizar esses contatos. Ainda que quase nunca seja a recomendação da ICOMM, se pensarmos na entregabilidade, é importante que pelo menos se mantenha um volume mínimo uniforme. Para isso, emails não promocionais podem ser uma boa alternativa de conteúdo.

Segundo pesquisa do Mailcharts, 71% das empresas cancelou campanhas ou fez uma nova avaliação da sua estratégia de comunicação durante a pandemia. Os setores que mais perderam tráfego foram Joalherias (-25%), Turismo (-22%) e artigos de Luxo (-19%). Por outro lado, Imprensa (46%), Supermercados (42%), Drogarias (25%) e Telecom (23%) aumentaram os seus números.

Entre em contato com a equipe da ICOMM para atualizar as suas estratégias!