Muitas vezes, um empurrãozinho é tudo o que precisamos para poder tomar uma decisão oportuna e os Nudges são uma forma de influenciar o comportamento das pessoas. De que maneira? Através da interação com elementos sutis e implícitos em um ambiente físico ou virtual.

O conceito de “nudge” foi criado por Richard Thaler, um economista americano que ganhou o Prêmio Nobel por suas contribuições à economia comportamental. A teoria do Nudge ou push foi colocada em prática em cidades e empresas, alcançando benefícios tangíveis graças à modificação sutil e indireta que realiza no comportamento humano.

Os nudges nascem do conceito de heurística, que em essência é o uso de atalhos para otimizar o tempo e o cansaço que nosso cérebro tem para tomar uma decisão. 

Com base na teoria de Thaler, as empresas criaram um ramo de marketing chamado Nudge Marketing. Essa disciplina trabalha para criar elementos que impulsionam o cliente a tomar melhores decisões e, assim, atingir objetivos de negócios específicos.

Aqui estão 6 táticas baseadas no Nudge Marketing que irão sutilmente levar seus clientes a tomar as decisões mais benéficas para eles e para sua empresa.

1. Atalhos e decisões facilitadas:

Um dos objetivos do Nudge Marketing é tornar a experiência de compra mais ágil e menos estressante para os clientes. 

Criar atalhos ajudará seus clientes a ter uma experiência de compra mais simples. Entre todas as opções de atalho que podem ser criadas, trazemos alguns exemplos que lhe permitirão captar a essência desta tática:

Navegação direta para a variante: 

Esta é uma tática ideal para email marketing, pois requer botões independentes dentro da mesma peça publicitária. Cada botão redireciona para uma janela de eCommerce que já está filtrada de acordo com a variante escolhida pelo cliente.

Neste exemplo da Bonobos, a peça utiliza um botão separado para cada tamanho de sapato que cria um atalho para que o cliente possa navegar especificamente para o tamanho de seu interesse, evitando o trabalho de realizar filtros manuais adicionais dentro do eCommerce.

Auto add to cart: 

Clientes orientados para uma navegação rápida e em poucos passos podem ser facilmente empurrados para a tomada de decisões. Eles devem interagir com pedaços de e-mail programados para adicionar os produtos ao carrinho do mesmo corpo do e-mail.

Este é um atalho que lhe poupa os passos de ter que procurar produtos, selecionar tamanho e quantidade para finalmente clicar em “Adicionar ao Carrinho” e depois aguardar a resposta da página.

Com um único clique, o cliente terá avançado vários passos para um Check Out fácil e rápido. Essa tática é ideal para campanhas de e-mail marketing segmentadas, visando recuperar carrinhos abandonados ou utilizar dados para oferecer produtos de alta relevância para o público-alvo.

Autopreenchimento de pesquisas e formulários: 

O email marketing é útil para convidar as pessoas a se cadastrarem em um formulário para participar de um evento ou campanha de expectativa. Mas, se você estiver usando o e-mail como um canal para alcançar seus clientes em potencial, não deve pedir a eles no formulário para reescrever o e-mail ou qualquer outro dado que já esteja armazenado no banco de dados do cliente.

Em campanhas de marketing por e-mail, os campos do banco de dados podem ser usados ​​para preencher formulários previamente para economizar tempo dos clientes.

Todos os formulários da web possuem campos ocultos ou “campos ocultos”, que você pode adicionar à URL, link para o banco de dados e assim criar esse atalho para seus clientes.

Decisões Facilitadas

Também conhecidas como opções padrão, são um atalho que permitirá reduzir o tempo de busca em um site físico ou online por produtos que são frequentemente comprados juntos.

A Amazon.com é especialista em usar seu poder de dados e automação para criar opções padrão para quase todos os produtos em seu site.

Não se trata de empurrar agressivamente produtos complementares e de venda cruzada, trata-se de fazer um trabalho consciente de encontrar os pares ou conjuntos de produtos que são frequentemente comprados juntos e ter a capacidade de organizá-los em seu site para que sejam exibidos com eficiência, sabendo as preferências de navegação e o histórico de compras de seus clientes. 

2. Impulso anti-abandono

De acordo com nosso último estudo sobre conversão de comércio eletrônico na Colômbia, 35% das sessões do site são de uma única página. Esse dado é conhecido como taxa de rejeição e busca-se minimizá-lo dentro da estratégia de otimização do site.

Popups anti-abandono ou “Exit Pop Up” são uma ferramenta eficiente para reduzir a taxa de rejeição dentro do site. Essa funcionalidade aumenta as chances de os visitantes do site permanecerem na página, mostrando a eles um incentivo adicional que os motiva a navegar por mais tempo.

É muito fácil instalar o “Exit Pop Up” e eles também têm a vantagem de permitir que você inclua mensagens variadas e diferentes para cada sessão de navegação.

Ofereça um código de desconto exclusivo para produtos na categoria de interesse do visitante.

Evite que seus clientes abandonem a página de Check Out, oferecendo-lhes conselhos personalizados.

Use o item ou categoria com a oferta mais vencedora para engajar novamente os clientes que desejam abandonar a navegação.

Use-os para mostrar a identidade da sua marca, expressando uma proposta de valor que motiva os surfistas a conhecê-lo melhor.

3. Decisões de baixa fadiga

Assim como vimos com os atalhos, alguns clientes decidirão comprar em sua loja se perceberem que podem encontrar tudo o que procuram em pouco tempo e esforço.

Os dados transacionais de seus clientes são poder, esse poder pode ser transformado em um empurrão ao criar comunicações focadas nas preferências de seus clientes, a fim de reduzir a fadiga de decisão que geraria ver o catálogo completo. 

Para programas de Email Marketing, SMS e Web Push, comunicações frequentes são fundamentais. É importante fornecer ao cliente uma oferta pré-selecionada de produtos com base em suas preferências e compras anteriores.

“Achamos que você vai adorar esta seleção que fizemos especialmente para você.”

“Especialmente escolhido para você.”

“Você pode gostar disso também.”

Em última análise, as comunicações de decisão de baixo cansaço estabelecem um equilíbrio entre o senso de autonomia de cada cliente e a sobrecarga de decisão reduzida.

4. Autoridade e prova social

Conhecer a experiência dos outros, sejam eles especialistas ou não, torna-se um atalho para validar a decisão de compra. Quando seus clientes estão passando pela fase de consideração, pensando em comprar ou não o produto, você pode dar “aquele empurrãozinho para conquistar mais compradores” com uma mensagem que demonstre autoridade ou aprovação social para aproximar os usuários da tomada de decisão . .

Prova Social

Saber que outras pessoas já compraram ou usaram o produto ajuda os clientes indecisos a pensarem que estão tomando a decisão certa com a compra.

Autoridade

Os comentários de especialistas ou entidades reconhecidas são empurrões que aproximarão os indecisos da tomada de decisão de compra.

Coloque sua prova social e mensagens de autoridade em suas campanhas de boas-vindas para melhorar a primeira impressão com seus novos clientes.

5. Notificações inteligentes

Quando você pode usar as notificações inteligentes? Quando os clientes saem do site depois de muito tempo procurando e não comprando um produto. As notificações inteligentes serão aquele “empurrãozinho para conquistar mais compradores” que permitirão que você retome a conversa de onde parou.

As notificações inteligentes são comunicações altamente relevantes para seus clientes. Use essa condição a seu favor para incluir mensagens relacionadas à escassez de produtos ou incluir mensagens sobre autoridade e prova social.

Use o poder de automação e processamento de dados que o Icomm Notifications Hub para ativar notificações inteligentes e poder convencer o maior número de clientes a tomar uma decisão sobre seu produto. Basta ativar a funcionalidade e deixar Icomm funciona para você.

6. Crachás e Selos

Crachás e Selos são pushes que cumprem duas funções importantes dentro do eCommerce:

  1. Atraem a atenção do usuário para um produto específico
  2. . Revelam informações sobre alguma característica interessante do produto.

ASOS usa crachás na frente de seus jeans para ajudar os clientes a encontrar produtos de acordo com a forma do corpo.

Ao destacar os recursos do produto, você ajuda os compradores orientados a objetivos a encontrar os produtos ideais mais rapidamente de acordo com o objetivo deles. Novamente, trata-se de criar um atalho visual para que esse elemento interaja e desperte o interesse em um grupo específico de pessoas.

A OYSHO orienta o comportamento de seus clientes incluindo crachás para destacar as características do produto. Isso torna o caminho mais fácil para os compradores orientados a objetivos.

Será marcante para as pessoas encontrarem com facilidade produtos que possuam um distintivo de características funcionais como sustentabilidade ou o país de origem do produto. 

Além disso, outros podem se surpreender com produtos exclusivos ou com poucas unidades em estoque. Aqui os crachás e selos podem gerar o efeito de escassez ou urgência que leva os clientes a tomar a decisão com mais eficiência.

Comentários finais

Embora o termo possa parecer novo, o Nudge Marketing sempre existiu como um processo de otimização da experiência digital focado na criação de caminhos de baixo atrito e fáceis de navegar para nossos clientes e prospects.

O que realmente pode ser visto como uma mudança de paradigma é que todas as aplicações do Nudge Marketing concordam que o impulso deve ser sutil e implícito.

Se os elementos que causam o impulso são percebidos como uma estratégia de negócios agressiva, é mais provável que os clientes desconfiem do impulso e evitem seguir esse caminho.

Na icomm, convidamos você a explorar as integrações, o módulo de pesquisa e o Notification Hub para criar novos pushes que otimizem suas conversões a partir de uma experiência de usuário vencedora e sem estresse.